quinta-feira, 22 de março de 2007

A lei da média na sua vida.

Nos acostumamos desde crianças a ter como parâmetro para nossas vidas a média obtida pelas vitórias ou derrotas de outras pessoas. Vivemos em sociedade e é legítima a idéia de que estabeleçamos algum parâmetro de comportamento. Bom, aí entra a idéia de média em nossas vidas. Fomos treinados assim. Treinamos nossos filhos assim. Durante toda a idade escolar somos influenciados a ficar na média. Assim, se a média em matemática da turma for 6 e você tirar também 6. Ótimo! ficou na média. No vestibular também é legal ficar na média. Vestibulandos vibram quando acertam um número ridículo de questões, desde que esta seja a média. Na universidade todos querem estar na média do curso, na média das provas e na média dos acertos em cada prova, assim, meio média do padrão do curso. E de tanto ficar na média viramos profissionais - medianos! E a lei da média diz que se você é médio terá tudo também na média: reconhecimento, visibilidade, carreira, sucesso e salário. Lembre-se sempre: a medianidade é um conceito bem próximo da mediocridade. Cuidado com a lei da média.

Um comentário:

Lu Bazanella disse...

Acho que a melhor forma de não fazer as coisas pra ficar na média é simplesmente não saber qual é a média... ao estar totalmente alheio à mediocridade que nos cerca, a gente se esforça mais para ter o máximo de aproveitamento: no vestibular, no trabalho, na vida. As pessoas nota 10 sempre ignoram a média.