sexta-feira, 25 de maio de 2007

O mau atendimento do Itaú Personnalité / Visa

Durante uns bons anos eu fui um feliz cliente do Bank Boston. Comprei vários produtos do banco, utilizei os mais diversos serviços e ganhei 02 cartões: um com bandeira Bank Boston / MasterCard e outro com bandeira BankBoston / Visa. Sempre fui maravilhosamente bem atendido pelo Boston. Gerentes sempre muito prestativos, rápidos e eficazes. Quando tinha algum problema com o Master ou com o Visa, ligava pra minha gerente do Boston e tudo se resolvia. Desde setembro de 2000, nenhuma queixa. E olha que eu sou um virginiano muito chato com atendimento. Em troca, minha total fidelidade à marca Bank Boston.

Mas infelizmente veio o Itaú e comprou o Bank Boston no Brasil. Eu já estava preparado para o pior. Mas não sabia que podia ser tão pior assim. Nesse ano da transição eu vinha segurando a barra e mentindo pra mim mesmo. Continuava a chamar o meu banco de Bank Boston. Eu sei que me enganava, mas era uma forma de retardar o inevitável.

Meus cartões estavam quebrados e eu não pedia para trocar com medo da troca. Coloquei durex! Até que não deu mais. Tive de pedir novos cartões. E um deles veio. Virou Itaú Personnalité / Visa! E, além de um pouco pior, tudo ficou muito mais complicado.

Nessa semana, já conformado com o novo cartão Itaú Personnalité / Visa, tentei desbloquear. Juro, com toda a boa vontade e já munido dos meus ensinamentos zen budistas. Mas não deu. Fiquei nada menos do que uns 40 minutos pendurado no telefone para conseguir. E, não consegui! Vocês acreditam? Um sujeito tentando ativar o cartão para gastar e não consegue!

Minha romaria Visa: primeiro tentei o site. Nele, dizia que não era possível desbloquear o cartão pelo site. Pior, no site do Itaú dizia que eu não tinha cartão Visa. Tentei o 0800 e passei por 5 atendentes que unanimimente me pediram para ditar o número do cartão de novo apesar do menu eletrônico já ter me pedido isso. Todas, me disseram que eu deveria repetir a operação porque não era com elas desbloquear o cartão. Todas alegaram que isso precisava ser pelo menu eletrônico que elas não conseguiam me explicar porque não me pegava certo e me deixavam de novo na espera. Para todas eu pedi ajuda até que minha paciência se esgotou e meu já raso amor pelo Visa acabou definitivamente. Disse que não queria mais desbloquear, queria cancelar.

Vocês sabem né. Eu não consegui nem cancelar. Tive de passar para outra atendente especializada em não deixar a vítima cancelar. Descarreguei nela, coitada, toda a minha raiva acumulada de mais de 40 minutos de desatenção do Itaú Personnalité / Visa comigo.

Ela me deu o golpe final. Disse que iria me transferir para o menu eletrônico e que agora eu iria conseguir finalmente desbloquear meu cartão e que me ligaria em 3 minutos (acreditam?) para confirmar o sucesso do meu desbloqueio e a minha satisfação! Fiquei como palhaço mais uns cinco minutos sem ouvir nada do tal menu e até hoje (3 dias depois) esperando o telefonema dela.

No fundo eu já sabia que ia ficar pior, mas não imaginava tanto!
Mas vocês sabem né. Sempre haverá alguém para fazer um pouco mais barato e um pouco pior.
Minha única vingança contra o Visa. Além de blogueiro amador, sou palestrante em seminários e congressos e num ano normal devo dar entre 30 a 40 palestras. Neste ano vou dar aulas em duas especializações. Isso deve dar por baixo umas 3.000 pessoas e, eu prometo a vocês: em todas elas vou falar do mau atendimento do Itaú Personnalité Visa.

Agora imaginem se ao invés de Itaú Personnalité o nome fosse Itaú Igualité!

16 comentários:

niseg disse...

Prezado Arthur Bender

Antes de mais nada o meu muito obrigada pela colaboração maravilhosa que você presenteou o NISEG (Núcleo de Integração de Secretárias, Empreendedora e Gestoras).
Nosso público/platéia ficou encantada com sua "sapiência" sobre o assunto abordado.
E eu, particularmente, que ouvia falar a seu respeito, pude ser agraciada com essa leveza e inteligência desse profissional, além de esponsável para com o próximo, uma "criatura" ímpar.
Muito agradecida e conte com o NISEG, sempre.

Seila C Bini
Coordenadora do NISEG
E-mail: seilacbini@gmail.com

Sérgio "Jota" Schüler disse...

Call centers e serviços ditos "personalizados" são duas coisas que jamais deveriam se unir. O que adianta campanha publicitária dizendo X se o contato com a marca diz Y?

Péssimo.

Gabriela Miguel disse...

Oi Arthur,
Sei que não vai amenizar a sua indiguinação, mas você não está sozinho!!! Te confesso que passei pelo mesmo problema só que tive o agravante de não morar em Porto Alegre. Hoje moro no Canada e não tinha como utilizar o meu cartão e muito menos como sacar dinheiro... Houve um dia em que cheguei a ficar mais de 1 hora pendurada ao gancho do telefone escutandoa aquela música estúpida!!! Resultado, até hoje tenho problemas com este banco... Infelizmente tb era impecavelmente bem atendida quando era o Bank Boston (ótimos tempos aqueles!!), mas no momento estamos sendo assessorados financeiramente por uma empresa de "quinta"... Site? Para quê? Nunca funciona... O cartão Visa não existe, ninguém te apresenta uma justificativa descente para o caso... Ridículo... Somente rindo...hehehe... É muito triste, mas este é o nosso banco, no momento!!!! Abraços e prazer...

Ebusines_CRM disse...

Arthur
Passei por esse mesmo problema que voce relatou, tentando desbloquear o cartão VISA, antigo BankBoston.
No meu caso foi engraçado que o Banco mandou os cartões, e a mensagem apara eu desbloquear, como eu já tinha cartão VISA do Personalite, eu não quis desbloquear de imediato. O Banco não se conformando mandou 2 correspondencias cobrando, e telegrama 20 dias antes da ultima data para desbloquear e 1 telefonema. Bem então quando liguei para o atendimento, e fui informado que o Cartão Bank Boston não tinha custo e o VISA Personalite que eu estava usando tem custo. Então achei que seria melhor desbloquear e usar esse novo VISA e cancelar o anterior. Ai foi uma briga muito grande poruqe o Banco deve ter percebido isso também e não desbloqueava nem a pau.

Paulo disse...

Estimado Arthur,

Meu nome é Paulo Homem de Mello Gomes e, não sei se vai ajudá-lo, mas nna última semana o mesmo aconteceu comigo e pior...Ainda assim, fui até uma agência para resolver este clima de terror e, a atendente, gerente da agência ficou "pendurada" ao telefone por vários minutos, sem sucesso !!!!
Depois de uma hora, consegui o desbloqueio.
Para não me alongar, uma dúvida ainda ficou,: como acessr todos os cartões via site ? IMPOSSÍVEL !!!
Outra romaria a uma agência terá que ser feita. Acho que só ano que vem e que os Deuses estejam comigo !
Sds
Paulo Homem de Mello F Gomes

regis disse...

Grande Arthur!!!!!!!!!!!!
Como sempre você sempre com textos de arrepiar. Mas infelizmente esses são os bancos do nosso Brasil.
Abraços

Fernanda Koch Bender disse...

oi! arthur!
oi pai!
Muito interessante mesmo o teu ultimo post!!!
adoreiiiii
muito!!
Parabéns Pai!!
Te ADORO!
BEIJOS

xandre disse...

Cara, concordo com vc 100%.

Infelizmente sou otár, digo cliente desse banco que se diz especial, mas só tem gente ruim de serviço.

Luciene disse...

Caro Arthur,

Ler tudo o que você escreveu parece que estou lendo minhas próprias palavras. Tenho conta no Bank Boston desde 1987, ou seja, mais de 20 anos, e posso afirmar que nunca tive o menor problema. E quando precisa de algo, tudo era resolvido de imediato, e da forma mais simples possível. Quando o Itáu comprou o Bank Boston, percebi de imediato que as coisas de boas certamente não passariam para melhor. Infelizmente tudo se passa exatamente como você relata. Já fiquei mais de uma vez pendurada no telefone por vários minutos, para não ver resolvido um simples desbloqueio, tendo que passar por 4, 5 ou mais pessoas, e depois ter que ir a uma agência. No Bank Boston, se não conseguia efetuar um pagamento pela internete, ligava para o Personal Line,passava o código de barra e depois recebia o comprovante em casa. No Itaú "Personalité", por medida de "segurança", não mais nos comtemplam com esta facilidade. Recebi cartões do Itaú, mas não os aceitei para não aumentar minha via cruces. Certa vez o gerente de minha conta telefonou-me para fazer um investimento, pois verificou que havia um saldo alto em minha conta corrente. Confirmei que tinha interesse em fazer um investimento, mas que no momento estava ocupada. Ficou combinado que me ligaria depois. Estou esperando até hoje. Quanta incompetência para um banco deste porte.

Abraços.

Anônimo disse...

Vão se ferrar seus burgueses miseraveis,.Fodam-se todos voces

Paulo Guilherme disse...

mas é complicadinho postar comentário nesse teu blog hein? Ate ja desisti do que escrevi e estou aproveitando pra fazer esta reclamação...

Anônimo disse...

Bom dia Arthur

Há mais de 15 anos uso o Banrisul. Sei que não dá status. Mas não tenho problemas nenhum com o nosso banco. Pelo contrário. E ainda tenho a vantagem de estar fazendo uma parceria com gente daqui e que investi aqui em nosso estado. Quem sabe faz o mesmo?

Abração Nadir Santos

Anônimo disse...

Estava querendo abrir uma conta no Itaú Personnalité mais depois destes post mudei a minha forma de pensar, acho que vou com o Bradesco prime.

Anônimo disse...

O maior e verdadeiro problema não é o banco, é a falta de compreensão e aceitação de pessoas como vocês a mudanças!

Tenho conta no Personnalité também desde a epóca do Bank Boston, cabe lembrar a vocês (aceitem ou não) que ele não existe mais.

E, confesso também que com a mudança tive aquela sensação saudosista sabendo do que esta no fim, mas, me preparando para o novo.

Hoje consigo notar o quanto o Boston era um banco arcáico. E o quanto o Personnalitté vem inovando a cada ano com soluções bem diferenciadas e impossíveis de comparar ao Boston, que de tão ultrapassado que era, não tinham se quer soluções compatíveis.

O Itaú hoje é o maior banco do hemisfério Sul e pra mim, que tenho planos internacionais, preciso de um banco que pense além França, além BRASIL.

Honestamente, considero estar no banco certo.

Sei que poderei ter problemas, mas o que muda é a forma de resolvê-los. Junto com minha gerente, que é sempre a primeira a ser acionada, consigo ter a solução aceitável e coerrente as minhas solicitações.

Arthur, repense seus conceitos, embora, me ponha no seu lugar e sei o quanto é ruim ter dificuldades que envolvem nosso dinheiro. Prefira estar num banco grande e de primeira linha.

Inteligente como é, sabe o que quero dizer.

Atenciosamente,

Marcela Dantas

Anônimo disse...

Meu amigo, discordo de voce quanto ao atendimento do Personalité.
Tenho conta desde que era Banco Frances e Brasileiro, a muito tempo.
Tive conta também no Boston e encerrei, por força de atendimento similar ao BFB, no City, um horror!!, Bradesco, Real sem comentários.
Quanto ao atendimento do Itaú card, pelo contrário só tenho elogios, já necessitei socorro no exterior e aqui, sempre com sucesso presteza e educação.
Nunca tive problemas para desbloquear cartão ou bloquear lançamentos indevidos, talvez eu seja um cara de muita sorte!
No meu entender não há banco melhor, atualmente
Lamento que nosso amigo Arthur não tenha tido a mesma sorte.
Atenciosamente,
Magno

Z' disse...

Falei cinco vezes com a central Visa Personalité hoje, era como falar como uma parede. Depois de todos os procedimentos de segurança, depois de falar com pessoas mal treinadas que pareciam máquinas, a ligação sempre caía na hora de colocar a senha de quatro dígitos. Na última ligação (28 minutos) me informaram que eu deveria ligar para uma central no exterior. Liguei, ninguém atendeu. Personalité? Um atendimento de varejo, um banquinho de bosta...